Pós-graduação e Formação Avançada

Reabilitação Psicomotora

6 meses; Total = 30 Créditos ECTS.

ISEIT — Ensino Universitário em Viseu

Objetivos educativos:

O Curso de Reabilitação Psicomotora tem por objetivo principal o desenvolvimento e aprofundamento de competências de autonomia para o exercício profissional do psicomotricista.

Desta forma, o estudante será capaz de:

  • Participar na conceção, na coordenação, no desenvolvimento e na supervisão de planos e programas de reabilitação psicomotora, em cooperação com outros elementos das equipas multidisciplinares, visando a reinserção/inclusão social da pessoa;
  • Identificar e avaliar os fatores contextuais que interferem no desempenho de uma atividade, na participação social, no desenvolvimento de competências sociais e na elaboração das respetivas medidas preventivas e linhas orientadoras de intervenção corporal;
  • Conceber, prescrever e implementar programas no âmbito da reabilitação psicomotora, ao nível da estimulação, reeducação e terapia psicomotora, nomeadamente com idosos. • Avaliar o desenvolvimento e o potencial de aprendizagem com particular enfoque no âmbito psicomotor, ao nível da intervenção precoce, da educação pré-escolar e escolar, numa perspetiva de educação inclusiva;
  • Orientar e aconselhar a pessoa com necessidades especiais e respetiva família, nas diversas esferas de ação da psicomotricidade;
  • Prestar consultoria e organizar serviços no âmbito da reabilitação psicomotora;
  • Intervir com a pessoa com deficiência, em particular jovens adultos, nas diversas esferas de ação da psicomotricidade, nomeadamente em ambiente de Centro de Atividades Ocupacionais.

Perfis de saída:

Avaliação e diagnóstico dos problemas psicomotores, prevenção e reabilitação psicomotora e otimização das competências psicomotoras do indivíduo, em diferentes fases do seu ciclo de vida, através da medição corporal e da prática psicomotora.

Estatuto profissional:

Qualificação Profissional de Psicomotricista Generalista.

Psicomotricista Generalista, de acordo com o Regulamento Profissional dos Psicomotricistas Portugueses (APP, 2011).